O que é IMC?
IMC significa índice de massa corporal. É o cálculo do peso dividido pela altura ao quadrado que resulta na sua proporção corporal.
                         
                            Tabela de referência de IMC


 IMC
Classificação
Abaixo de 18,5
Abaixo do peso ideal
Entre 18,5 e 24,9
 peso ideal
Entre 25,0 e 29,9
Acima de seu peso Ideal
Entre 30,0 e 34,9
Obesidade grau I
Entre 35,0 e 39,9
Obesidade grau II
40,0 e acima
Obesidade grau III



     
PILATES
Equilíbrio perfeito entre corpo e mente é aquela qualidade do homem civilizado, que não somente dá a ele uma superioridade sobre o reino selvagem e animal, mas também provê ao mesmo todos os poderes físicos e mentais que são indispensáveis para atingir o objetivo da humanidade – SAÚDE e FELICIDADE” Pilates, 1934.
Esta é a base da técnica criada por Joseph Pilates. Filho e pai grego e mãe alemã, Joseph foi uma criança doente e meio esquisita, na escola era chamado de Pôncio Pilatos deivido ao seu sobrenome (Pilatu, original). Por medo de tornar-se inválido, começou a estudar na adolescência por conta própria, anatomia, fisiologia e fundamentos da medicina oriental e com isso desenvolveu técnicas de exercícios em aparelhos rústicos criados por ele e tornou-se obsecado por superar suas limitações físicas. Através desta prática, ainda jovem tornou-se ginasta e mergulhador. Foi seguido por poucos que viam em sua técnica algo único, quando na verdade o que Pilates fez foi desenvolver exercícios personalizados e adequados as necessidades de cada pessoa e associados ao seu biótipo, respeitando características músculo-esqueléticas, pois sua técnica tinha muito pouco de inovação era baseada na yoga, meditação e artes marciais, desenvolvendo a concentração e harmonia entre corpo e mente atraves da respiração.
A técnica que conhecemos hoje pouco tem da idéia inicial de seu criador, mas virou moda e ganhou adeptos pelo mundo. Os aparelhos tornaram-se mais sofisticados, embora ainda apresentem sua essência original de madeira, mola e borracha e os exercícios desenvolvidos proporcionam alongamento, fortalecimento e consciência corporal. Os exercícios feitos em solo e com bola, desenvolvem as mesmas funções fazendo com o praticante utilize sua própria força.
Algumas pessoas dizem  que Pilates “verdadeiro” não pode ser realizado fora dos aparelhos e eu digo que na verdade a técnica de Pilates é saber o que o praticante deseja alcançar realizar uma avaliação física e desenvolver exercícios onde podemos usar os instrumentos que possuirmos para levar a saúde e a felicidade ao corpo que busca bem estar.
"Mente e corpo devem cooperar, não competir" (Joseph Pilates)
 10 MOTIVOS PARA VOCÊ PRATICAR YOGA


            Yoga é uma prática milenar vinda da Índia,que tem como finalidade integrar corpo e mente  através das posturas (asanas), respiração (pranayama) e meditação. Este trabalho leva ao auto domínio e auto conhecimento. Veja  o que a yoga pode fazer por você:

  1. Facilita o controle da ansiedade;
  2. Auxilia no Processo de cura da tristeza e da depressão;
  3. Alonga os músculos e proporciona consciência corporal;
  4. Alivia sintomas de desvios posturais e dores nas costas;
  5. Reestabelece o equilíbrio mental e emocional;
  6. Elimina tensões físicas, dores e rigidez muscular;
  7. Traz centralidade (a pessoa se volta para o seu eu interior encontrando a harmonia interna que ajuda a auto compreensão e a compreensão do mundo externo);
  8. Promove harmonia dos chákras que são os centros de energia;
  9. Melhora a qualidade de vida disposição, sono, funcionamento dos órgãos internos etc;
  10. Proporciona uma visão mais positiva do mundo e alegria de viver.

ERGONOMIA
Este é um vídeo auto explicativo e nos mostra as posições mais adequadas na hora de usar o computador.
Pilates para Gestantes


As mudanças que ocorrem na gestação não são apenas hormonais e emocionais, são também posturais. À medida que avança, as alterações em músculos, articulações e coluna vertebral também progridem.
Inúmeros estudos científicos já comprovaram a importância da atividade física durante a gravidez. Mas, vale lembrar, que nem toda atividade é indicada. Neste período, a mulher requer atenção especial na elaboração de um plano de exercícios que fortaleça seu corpo, prevenindo dores decorrentes do progressivo ganho de peso e respeitando as limitações impostas pela gestação. A conexão entre pilates e yoga, deve ter um atendimento personalizado para quem vive essa fase única da vida.


No Pós-Parto

No pós-parto o Pilates ajuda na recuperação do assoalho pélvico e na tonificação do abdômen, mas só deverá ser realizado após a liberação do médico.





Yoga na gestação
Os benefícios da prática da Yoga durante a gestação são inúmeros. É uma prática milenar capaz de trabalhar com suavidade o ser humano por inteiro, atuando no nível físico, energético, mental-emocional e espiritual. Ajuda a restabelecer um novo equilíbrio interno neste momento de intensa transformação, promovendo uma gestação saudável e confiante, além de ser um momento único de contato entre mãe e bebê. 
Recentemente foi publicado um estudo mostrando que a prática da yoga na gestação favorece o aumento do peso do bebê e diminui a incidência de partos prematuros. Outro estudo mostrou que previne a má posição do feto para o nascimento. De fato, a respiração da gestante se amplia, ganha serenidade, as posturas promovem o bem estar geral e a prática traz tranqüilidade. O resultado é um útero mais relaxado, uma placenta mais oxigenada e mãe e bebe mais tranqüilos e desde cedo fortalecendo o vínculo.
Veja abaixo alguns benefícios específicos:
·         Favorecimento da circulação sanguínea amenizando inchaços, dormências e varizes
·         Ampliação na respiração materna oxigenando melhor a mãe e o bebê 
·         Fortalecimento do assoalho pélvico, preparando o períneo para o parto
·         Alívio e prevenção de dores nas costas
·         Recuperação mais rápida no pós-parto
·         Alívio na prisão de ventre
·         Favorecimento da comunicação mãe - bebe
·         Maior equilíbrio nas flutuações de humor
·         Redução da ansiedade  

GINÁSTICA EDUCACIONAL

A Ginástica Educacional é uma área de atuação da fisioterapia que tem como objetivo principal a prevenção das alterações posturais. Estas alterações são de comum aparecimento na infância, principalmente na idade escolar. Nesta fase a criança passa a maior parte do tempo sentada; na escola e em casa, o que lhe favorece a adotar uma posição cômoda e que nem sempre é a mais adequada.
         O acompanhamento fisioterapêutico na escola, trabalha também a prevenção das doenças ocupacionais nos professores e funcionários, através de exercícios e da orientação ergonômica.
         Os benefícios deste trabalho são tanto para a escola, quanto para os alunos e professores e funcionários. Dentre os benefícios destacamos: aumento da disposição dos alunos, professores e funcionários durante o período de aula e de trabalho (sabe-se que a pratica de exercícios faz com que o nosso organismo libere substâncias que nos dão maior disposição); diminuição dos gastos com assistência médica com os professores e funcionários e conseqüentemente diminuição da possibilidade de processos trabalhistas por doenças ocupacionais, propaganda positiva da escola, pois este é um trabalho novo.
         A nossa meta é cultivar nas crianças e adolescentes, conhecimentos mais profundos a respeito do próprio corpo, assim como acompanhar seu desenvolvimento e orientar  atividades que possam auxilia-los no seu desenvolvimento mental, sociológico e biológico.
         Através de uma avaliação física completa dos alunos, professores e funcionários, partindo da queixa que alguns possam apresentar, podemos determinar as condições físicas na qual se encontram e definir suas “necessidades , elaborando as séries de exercícios de aproximadamente 10 minutos que devem ser realizadas diariamente antes, durante ou depois do período de aula.
         Este é um trabalho recente, baseado em estudos científicos que verificaram a importância da atividade física para todas as pessoas. Esperamos contribuir para que estas crianças e adolescentes se tornem adultos e idosos saudáveis.




GANESHA
         Ganesha é o deus hindu mais amplamente reverenciado, uma deidade sob a forma humana com cabeça de elefante, representando o poder de Ser Supremo que remove obstáculos e assegura sucesso nos empreendimentos humanos. Por essa razão os hindus o reverenciam antes de qualquer atividade religiosa, espiritual ou mundana.
         Primeiro filho de Shiva e Parvati, diz a lenda que quando Parvati desejou se banhar ela necessitava de privacidade e como não havia nenhuma ela criou um menino a partir da pasta que ela usava para se banhar feita de óleos de seu próprio corpo. Deu vida a esta figura e pediu que a vigiasse enquanto ela tomava banho. Quando shiva voltou pra casa e encontrou o caminho bloqueado teve inicio um duelo, o menino lutou bem, mas Shiva o matou. Parvati viu o menino morto e exigiu que o marido o trouxesse de volta a vida. Shiva enviou seus soldados e pediu-lhes que trouxesse a cabeça do primeiro ser vivo que encontrassem dormindo com a face voltada para o norte, direção associada à sabedoria. O grande elefante branco de Indra foi quem pagou o preço do erro de Shiva. Quando Parvati viu a cabeça de Airavat (o elefante de Indra) ser levada para seu filho, ficou irada e exigiu que o mesmo fosse promovido a deus primário.

         A cabeça de elefante simboliza sabedoria, compreensão e intelecto discriminador que é preciso possuir para atingir a perfeição nesta vida. A grande boca representa o desejo humano de aproveitar a existência no mundo. As largas orelhas significam uma pessoa que tem grande capacidade de ouvir os outros e assimilar idéias. Não existe nenhum instrumento humano que tenha tantas possibilidades de ação como o corpo de um elefante. Ele pode arrancar uma árvore ou recolher do chão uma agulha coma mesma destreza e perfeição, da mesma forma a mente humana deve ser forte o suficiente para encarar os altos e baixos do mundo externo e explorar os reinos sutis do mundo interior. As duas presas representam sabedoria e emoção. A presa esquerda que representa a emoção está quebrada, pois mostra que é preciso dominar as emoções para se atingir a sabedoria.
         Dizem que os olhos dos elefantes possuem uma capacidade ilusória de ver as coisas maiores que elas realmente são. Ganesha também simboliza a idéia de que para que um individuo cresça em riqueza e sabedoria é necessário que ele perceba os outros maiores que ele próprio, isto é, abdicar do orgulho e atingir a humildade.
Drenagem Linfática  Manual

Desde que por volta dos anos 30, quando a drenagem linfática manual foi introduzida com êxito no tratamento de doenças respiratórias crônicas, seu campo de aplicação foi se ampliando e aprofundando tornando-se em alguns casos a principal forma de tratamento como é o caso dos LINFOEDEMAS.
A drenagem linfática manual é uma técnica específica de massagem que exige uma formação adequada e caracteriza-se por movimentos suaves e precisos todos em forma circular e espiral e por um trabalho intensivo realizado nos centros dos gânglios linfáticos.
Procurando aliviar os sintomas, primeiro trata o sistema linfático superior, ou seja as zonas dos gânglios linfáticos do pescoço, da garganta e dos ombros, evoluindo depois de forma progressiva para as zonas afetadas, mais afastadas do coração. Na maioria dos casos o tratamento tem duração de uma hora.
A função da drenagem linfática é estimular a circulação da linfa (líquido viscoso e  esbranquiçado) nos vasos linfáticos. A mão do terapeuta funciona como um rodo e a região dos gânglios funciona como um ralo. Ao abrir o ralo e levar o líquido excedente em sua direção, diminuímos o inchaço do corpo. Além de diminuir os inchaços, a drenagem também ajuda a estimular o sistema imunológico, pois ele contém as células de defesa do organismo, além de auxiliar a regeneração dos tecidos.
É muito comum, após uma terapia de drenagem linfática ter sonolência, pois a técnica exerce uma ação sedante, tranqüilizante e relaxante.
As principais indicações para drenagem linfática são:
Edemas da Gestação
Edemas pós operatório
Problemas circulatórios (varizes e pernas cansadas)
Estética (celulite)
Sistema Linfático
FIBROMIALGIA

O termo fibromialgia refere-se a uma condição dolorosa generalizada e crônica. É considerada uma síndrome porque engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição, distúrbios do sono . No passado, pessoas que apresentavam dor generalizada e uma série de queixas mal definidas não eram levadas muito a sério, era feito então um diagnóstico nebuloso de Fibrosite. Isso porque acreditava-se que houvesse o envolvimento de um processo inflamatório muscular.
Atualmente sabe-se que a fibromialgia é uma forma de reumatismo associada ao aumento da sensibilidade do indivíduo frente a um estímulo doloroso. Sendo assim, pode prejudicar a qualidade de vida e o desempenho profissional, motivos que  justificam que o paciente seja levado a sério em suas queixas. Como não existem exames complementares que confirmem o diagnóstico, a experiência clínica do profissional que avalia o paciente com fibromialgia é fundamental para o sucesso do tratamento.
          A dor muscular é uma manifestação muito freqüente na fibromialgia, podendo ser difusa ou acometer preferencialmente algumas regiões, como o pescoço e os ombros e então propagar-se para outras áreas do corpo. O paciente descreve sua sensação de dor das mais diferentes formas: desde um leve incômodo até uma condição incapacitante. Por vezes relata ardência, dor em pontadas, rigidez, câimbras. Essas manifestações variam de acordo com o horário do dia, intensidade dos esforços físicos realizados, condições climáticas, aspectos emocionais e ligados ao padrão do sono. Apesar da fibromialgia poder apresentar-se de forma extremamente dolorosa e incapacitante, ela não ocasiona comprometimento das articulações e não causa deformidades.
O tratamento da fibromialgia é feito através de medicamentos que melhorem a qualidade do sono e atividades físicas como hidroginástica e alongamento e massagem para relaxamento.

CISTO DE BAKER
O cisto de Baker, também chamado de cisto poplíteo ou cisto sinovial, é uma saliência que se forma na região posterior do joelho. Pode ocorrer em adultos e crianças sendo de causas e evolução completamente diferentes.
Nas crianças o cisto é praticamente assintomático gerando apenas algum desconforto na flexão ou extensão total do joelho, aparece em decorrência do impacto durante as corridas, logo após o estirão de crescimento ou em crianças obesas. Normalmente somem sem a necessidade de nenhuma intervenção.
Nos adultos normalmente o cisto é conseqüência de outra patologia na articulação do joelho ou pos trauma (quedas, batidas ou entorses), que leva a um excesso de produção de liquido sinovial, também chamado de derrame articular. O diagnóstico é feito pelo exame de ultrassonografia e o tratamento é baseado na patologia base e não no cisto em si. Raros são os casos em que há necessidade de tratamento cirúrgico especificamente para o cisto, os sintomas costumam desaparecer quando o edema é controlado.
É pouco comum a existência de complicações relacionadas ao Cisto de Baker, mas pode ocorrer ruptura de ligamentos ou tendões em decorrência do aumento do cisto ou o próprio extravasamento do cisto gerando sintomas semelhantes ao de uma trombose.
HEBIATRIA

A palavra hebiatria faz referência à deusa grega da juventude Hebe filha de Zeus e Hera e trata das mudanças que ocorrem na parte física e emocional na passagem da infância para a adolescência.
No Brasil a especialidade existe desde 1974 na Faculdade de Medicina da USP, mas começou a ser estudada na década de 50 nos Estados Unidos e na Europa.

Por que a necessidade de um médico para os adolescentes?

Do ponto de vista biológico, nenhuma outra fase da vida extra-uterina é marcada por tantas mudanças rápidas como a adolescência. Segundo a OMS (Organização mundial da saúde) esta etapa vai dos 10 aos 20 anos de idade.
O crescimento e o desenvolvimento são muito peculiares, bem diferentes da infância e da vida adulta. Além das mudanças físicas, o jovem também
modifica sua forma de pensar e de encarar o “novo mundo”. Movido pela curiosidade, muitas vezes ele pode se expor a riscos, principalmente quando está com o grupo de amigos e não tem um suporte familiar adequado.

O que abrange a consulta do Hebiatra?

É um momento em que o adolescente se sente à vontade para colocar suas dúvidas e preocupações em relação a tantas mudanças desta fase. Na consulta com o Hebiatra surgem questões referentes a drogas, à sexualidade (o primeiro beijo, a primeira relação sexual), preocupações com o corpo, alimentação, exercícios físicos exagerados, etc. O Hebiatra acompanha o desenvolvimento físico prevenindo ou tratando doenças e atua também discutindo questões relacionadas às esferas social e psicológica.
ESPORÃO DE CALCÂNEO E FASCITE PLANTAR

ESPORÃO

Formação óssea no osso do calcanhar, cujo formato assemelha-se a um esporão de galo. É correspondente ao “bico de papagaio” na coluna. Quem apresenta esporão pode ter dor no calcanhar nos primeiros minutos ao levantar ou quando realiza alguma atividade que exige ficar em pé por muitas horas.


FASCITE PLANTAR

A fáscia é uma estrutura fibrosa que dá estabilidade e formato aos músculos. Onde tem  músculos tem fáscia. A fascite plantar é uma inflamação na sola do pé causada por  microtraumas de repetição, por isso é comum em atletas de corrida. Começa na borda interna do calcanhar (tuberosidade medial do osso calcâneo) e se estende até a borda externa. Ao apoiar o pé os músculos sofrem uma tração que leva a um processo inflamatório, fibrose e degeneração das fibras da fascia localizadas mais próximas do osso. Os sintomas da fascite são semelhantes aos do esporão. Alguns artigos dizem que o esporão é conseqüencia da fascite plantar e em alguns casos ambos fazem parte do mesmo quadro, mas é importante salientar que o esporão não ocorre na fáscia plantar, mas osso proximo ao músculo flexor curto dos dedos, que é adjacente a fáscia. 50% das pessoas com fasciíte têm esporão e 10% das pessoas que têm esporão não apresentam sintomas.


CAUSAS


Mais comum em indivíduos entre 40 e 60 anos, pode iniciar de forma silenciosa, ou agudamente após trauma local. Sapatos inapropriados, longas caminhadas ou uso excessivo do calcanhar (como atletas) podem ser apontados como causas. Mas o problema pode  simplesmente não apresentar causa específica (idiopática).

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL

Um simples raio X é suficiente para distinguir fascite de esporão. O esporão é um crescimento ósseo geralmente no osso do calcanhar, muito fácil de ser identificado. Já a fascite não apresenta alterações no exame de raio X.  


TRATAMENTO

O tratamento é totalmente conservador em ambos os casos. Deve-se parar a prática de atividades que causem dor. O uso de antiinflamatório sob prescrição médica também é. indicado. A avaliação da pisada para adequação de calçado também é muito importante, o uso correto influencia também na postura. Recursos fisioterapêuticos para alívio da dor e alongamentos são fundamentais para a reabilitação. Em último caso utiliza-se cirurgia para esporão, um procedimento ainda controverso entre os especialistas.
MASSAGEM COM BAMBU

         A busca pelo corpo perfeito é objetivo constante de homens e mulheres e novas técnicas surgem para atender as necessidades de harmonia estética e qualidade de vida. Uma técnica recente desenvolvida na França é a drenagem linfática com bambu.
        O bambu é um vegetal que pode ser encontrado na Ásia e na América e o Brasil possui uma grande diversidade da espécie principalmente na Bahia e na Amazônia. Para os orientais simboliza força, beleza, flexibilidade e resiliência, foi a primeira planta a crescer depois do ataque a Nagasaki. Seus primeiros cinco anos de vida são sob o solo podendo chegar até 35 metros de altura. O bambu vem ganhando interesse econômico e social nos países produtores por sua versatilidade e facilidade de plantio e cultivo.
        A drenagem linfática com bambu, segue os preceitos básicos da drenagem linfática manual que é estimular a circulação no sentido e trajeto do fluxo linfático e auxiliar a eliminação de liquido excedente. As manobras são realizadas com varetas de bambu de tamanhos e espessuras diferentes que se adaptam ao contorno do corpo.
       O bambu para a massagem é especialmente preparado para que não haja nenhum prejuízo ao tecido cutâneo. O kit é composto de sete a oito bambus e não é necessário que seja de uso exclusivo, pois a assepcia pode ser feita com álcool 70% após o uso.
        A técnica desenvolvida pelos franceses conta também com a estimulção de pontos de acupuntura, promovendo assim bem estar e equilíbrio físico, mental e emocional. Estes pontos podem ser estimulados com as pontas dos dedos ou com a extremidade do bambu e estão associados aos orgãos de excressão, depuração e regulação do organismo.
        A massagen com bambu pode ser utilizada para fins relaxantes e estéticos no corpo todo e no rosto com função estética ou clínica como um pós operatório. A intensidade da massagem é de leve a moderada de acordo com a necessidade e objetivo de quem a recebe, em intensidade forte para mobilização de gordura é chamada de massagem modeladora.
        A técnica é indicada para edemas (inchaço), problemas circulatórios, tensão muscular, depressão, estética ou pessoas que não apresentem problemas como câncer, trombose, insuficiência renal, algumas afecções de pele, hipo ou hipertesão descompensada, infecções agudas. Em gestantes pode-se utilizar a técnica somente no segundo trimestre, sem a estimulação dos pontos de acupuntura.
        Resultados como ganho de tônus muscular moderado, perda de medidas e diminuição do aspecto de "casca de laranja" da pele causados pela celulite, podem ser vistos em aproximadamente 3 meses para quem utiliza-se da técnica duas vezes por semana. Já diminuição de inchaço, aumento da disposição e melhor funcionamento do intestino podem ser observados horas depois.

VOCÊ SABE O QUE SIGNIFICA PSICOSSOMÁTICA?

Psicossomática é o estudo das relações entre processos mentais, somáticos e emocionais. Parte-se do principio que para se tratar uma doença não basta só conhecê-la, deve-se conhecer também o seu portador como um ser humano e saber como ele atua sobre a enfermidade. Este indivíduo pode agir como causa ou conseqüência de qualquer alteração no seu estado psíquico e somático. A hostilidade, ansiedade, frustração, desejos de dependência, sentimentos de inferioridade e culpa são fatores psicológicos que estão presentes em todas as doenças, porém é importante saber como e quais deles se  manifestam.
A dor é um alerta que se instaura entre o aspecto sensorial e afetivo, exigindo uma ação e as pessoas podem ser conduzidas pela dor ao processo de redescobrir-se como ser humano. A dor é umas das vias que usamos para ancorar os nossos sentimentos. Observamos com isso que os fatores emocionais têm influência em todos os processos somáticos, logo acredita-se que todas as doenças são psicossomáticas, embora em alguns casos ainda não se possa provar.

Emoções: Assim como as cores primárias dão origem às demais cores, as emoções primárias dão origem às demais emoções, são elas: alegria, tristeza, raiva, medo e afeto. Um exemplo de emoção secundária é o ciúme onde unimos o afeto a uma fusão de raiva e medo. Na tabela abaixo você entenderá um pouco como funcionam as emoções:
 
Emoção
Função
Componente bioquímico
Componente
muscular
Componente
Comportamental
Alegria
Motivação
da vida
Aumento dos sinais
de vitalidade e da
resposta imunológica
Movimento: pular,
dançar; correr
Compartilhar
Afeto
Preservação
da espécie
Alterações nas
características de
atração pessoal
e sexual
Toque, expansão -
busca do outro
Dividir, partilhar: se
isso não acontece o
afeto transforma-se
em raiva
Medo
Sobrevivência
Aciona mecanismo
de luta ou fuga
Contratura - o
organismo preparase
para defesa
Resolução e
retomada do
equilíbrio
Raiva
Liberação do
medo
Dor, inflamação e
reações alérgicas
Expansão e extensão
- movimentos
incompletos
Resolução,
eliminação e
catarse
Tristeza
Afeto e alegria
necessitam de
cuidados - quem
não sente
tristeza se torna
amarga e
desmotivada
Desenergização do
organismo, diminuição
das defesas e
incapacidade de
adaptação a mudanças
- pele e cabelos secos e
sem vida
Grupos musculares
imóveis, olhar vazio
e respiração curta
Introversão - para
resolver a tristeza é
necessário
compartilhar, assim
surge o afeto
e a alegria


O Poder do Toque

          Seja um abraço, um aperto de mão, uma dança ou uma massagem, o toque é  um dos meios que nos conduz ao bem-estar físico, emociona...