ESPORÃO DE CALCÂNEO E FASCITE PLANTAR

ESPORÃO

Formação óssea no osso do calcanhar, cujo formato assemelha-se a um esporão de galo. É correspondente ao “bico de papagaio” na coluna. Quem apresenta esporão pode ter dor no calcanhar nos primeiros minutos ao levantar ou quando realiza alguma atividade que exige ficar em pé por muitas horas.


FASCITE PLANTAR

A fáscia é uma estrutura fibrosa que dá estabilidade e formato aos músculos. Onde tem  músculos tem fáscia. A fascite plantar é uma inflamação na sola do pé causada por  microtraumas de repetição, por isso é comum em atletas de corrida. Começa na borda interna do calcanhar (tuberosidade medial do osso calcâneo) e se estende até a borda externa. Ao apoiar o pé os músculos sofrem uma tração que leva a um processo inflamatório, fibrose e degeneração das fibras da fascia localizadas mais próximas do osso. Os sintomas da fascite são semelhantes aos do esporão. Alguns artigos dizem que o esporão é conseqüencia da fascite plantar e em alguns casos ambos fazem parte do mesmo quadro, mas é importante salientar que o esporão não ocorre na fáscia plantar, mas osso proximo ao músculo flexor curto dos dedos, que é adjacente a fáscia. 50% das pessoas com fasciíte têm esporão e 10% das pessoas que têm esporão não apresentam sintomas.


CAUSAS


Mais comum em indivíduos entre 40 e 60 anos, pode iniciar de forma silenciosa, ou agudamente após trauma local. Sapatos inapropriados, longas caminhadas ou uso excessivo do calcanhar (como atletas) podem ser apontados como causas. Mas o problema pode  simplesmente não apresentar causa específica (idiopática).

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL

Um simples raio X é suficiente para distinguir fascite de esporão. O esporão é um crescimento ósseo geralmente no osso do calcanhar, muito fácil de ser identificado. Já a fascite não apresenta alterações no exame de raio X.  


TRATAMENTO

O tratamento é totalmente conservador em ambos os casos. Deve-se parar a prática de atividades que causem dor. O uso de antiinflamatório sob prescrição médica também é. indicado. A avaliação da pisada para adequação de calçado também é muito importante, o uso correto influencia também na postura. Recursos fisioterapêuticos para alívio da dor e alongamentos são fundamentais para a reabilitação. Em último caso utiliza-se cirurgia para esporão, um procedimento ainda controverso entre os especialistas.

Comentários

  1. A-DO-RE-I!!! Muito bom mesmo, ficou leve, mais fácil de ler! Depois vpou te explicar como colcoar marcadores! Beijos e sucesso com o BLOG e a divulgação!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Informações objetivas e compreensíveis para o leigo. Compartilhei com uma galera que é do time do esporão. Parabéns pelo retorno ao Blog! Carinhos e muito sucesso!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas