Quiche de espinafre com queijo meia cura (sem glúten)


Massa para uma forma média de 24 cm


  • 200gr de farinha de arroz
  • 100 vê de manteiga gelada cortada em cubos
  • 150 ml de água gelada aproximadamente
  • Sal a gosto

Modo de preparo:

Misture o sal a farinha e junte a manteiga em cubos misturando com as mãos rapidamente até formar uma farofa. Não tem problema deixar alguns pedaços ainda grandes, o importante é que a manteiga não derreta. Junte a água aos poucos até que consiga juntar toda a farinha. Cubra com papel filme e deixe na geladeira por no mínimo uma hora. Ajeite a massa com as mãos no fundo da assadeira untada com manteiga e a própria farinha de arroz.
Asse em forno a 200º por 10 minutos.

Recheio:

A base do recheio é ovo e purê de inhame. Para este tamanho de quiche usamos para o recheio 3 ovos e uma xícara de inhame cozido e batido no liquidificador com um pouco de água. Tempere essa mistura com sal, Pimenta do reino e noz moscada e junte o recheio de espinafre refogado com alho e queijo meia cura.
Bata ligeiramente os ovos e junte o purê de inhame temperando a seu gosto. Junte o recheio de sua preferência jogue por cima da massa pre assadas e leve ao forno por mais 20 minutos aproximadamente.

Pão caseiro, integral com fermento natural de kombucha


(A receita do fermento está no histórico aqui das receitas)

  • 3 xícaras de chá - 420gr de farinha de trigo branca
  • 1 xícara de chá e 2 colheres de sopa - 180gr de farinha de trigo integral
  • 1 2/3 xícaras de chá - 400ml de água 
  • 2 colheres de chá - 12gr de sal

Modo de preparo:
Misture o fermento, a água e junte a farinha aos poucos com a ajuda de uma colher de pau. Quando terminar de juntar a farinha, comece a sovar com a mão. Acrescente o sal gradualmente enquanto trabalha a massa por pelo menos 10 minutos. Faça uma bola, salpique uma camada bem fina de farinha branca, cubra com um pano e deixe a tigela no forno apagado por 5 ou 6 horas. Depois desta primeira fermentação manipule mais uma vez em uma pia ou pedra, coloque bem pouca farinha só para  grudar menos. A textura da massa deve ser bem aerada e esponjosa, espalhe-a na pedra e comece a dar forma ao seu pão. Deixe para a segunda fermentação por 1 hora e meia, no máximo duas horas, em dias muito quentes uma hora é suficiente.

Preaqueça o forno a 220oC quando faltar meia hora para terminar a segunda fermentação. Pouco antes de colocar o pão no forno, faça um corte de ponta a ponta, salpique pitadas de farinha e borrife um nuvem de água. Este ritual ajuda a fazer uma casca crocante. Asse por pelo menos 45 minutos, variando de forno para forno, até que fique dourado. Vire a assadeira depois de meia hora para assar por igual. Retire do forno e deixe descansar em uma grade até esfriar bem. Procure não corta o pão assim que sair do forno.

Dicas de Verão

A retenção de líquidos no verão é um mecanismo de defesa que o corpo tem para regular a temperatura interna. Para não desidratar, acumulamos a água que será usada no suor e na urina, algumas pessoas chegam a aumentar cerca de 3kg da hora que acordam até a hora que vão dormir. Durante a noite, quando normalmente a temperatura externa diminui, o excesso de líquido não é mais necessário, este é o momento que fazemos mais xixi. A obesidade, problemas cardíacos e circulatórios, também podem causar inchaço.
Para todos os casos a dica é hidratar-se regularmente, não só com água, mas ingerindo frutas, verduras e legumes crus, e evitando alimentos pesados, exercícios na água ajudam aliviar o peso das pernas, procure deixar as pernas elevadas por pelo menos 30 minutos todos os dias e se possível faça drenagem linfática regularmente.



Quiche de cebola sem glutén


*Massa para uma forma média de 24 cm

  • 200gr de farinha de arroz
  • 100 vê de manteiga gelada cortada em cubos
  • 150 ml de água gelada aproximadamente
  • Sal a gosto

Modo de preparo:

Misture o sal a farinha e junte a manteiga em cubos misturando com as mãos rapidamente até formar uma farofa. Não tem problema deixar alguns pedaços ainda grandes, o importante é que a manteiga não derreta. Junte a água aos poucos até que consiga juntar toda a farinha. Cubra com papel filme e deixe na geladeira por no mínimo uma hora. Ajeite a massa com as mãos no fundo da assadeira untada com manteiga e a própria farinha de arroz.
Asse em forno a 200º por 10 minutos.

Recheio

A base do recheio é ovo e purê de inhame. Para este tamanho de quiche usamos para o recheio 3 ovos e uma xícara de inhame cozido e batido no liquidificador com um pouco de água. Tempere essa mistura com sal, Pimenta do reino e noz moscada e junte o recheio de cebolas refogadas e caramelizadas.

Bata ligeiramente os ovos e junte o purê de inhame temperando a seu gosto. Junte o recheio de sua preferência jogue por cima da massa pre-assadas e leve ao forno por mais 20 minutos aproximadamente.
Outras opções de recheio: espinafre refogado com alho, cogumelos salteados, queijos variados, pode usar a criatividade.

Receitas especiais para o final de ano

        As festas de final de ano são sinônimo de comilança e engorda. Pensando no seu bem estar, o Movimento Bem Viver selecionou algumas opções para celebrar sem culpa e sem danos a sua saúde. A substituição de alguns alimentos ou a produção caseira de ingredientes podem deixar seus preparos mais leves e com muito sabor nos pratos tradicionais das datas festivas.
           Até o Natal postaremos receitas especiais! 

           Confira na aba Receitas aqui no blog ou neste link






Abobrinha no forno

  • 2 abobrinhas italianas
  • 2 tomates
  • 1 cebola
  • Sal
  • Azeite vinagre balsâmico
  • Orégano  

Modo de preparo:
 
Corte o tomate, a cebola e a abobrinha em rodelas ou meio círculos e tempere com sal, azeite, vinagre e orégano a seu gosto. Leve a mistura ao forno por aproximadamente 30 minutos.

Fermento Natural de Kombucha


O fermento natural com Kombucha tem um processo parecido com o levain, leva pelo menos 7 dias para fazer, mas depois é só alimentar que durará por muito tempo. É importante seguir os passos e as medidas corretamente.

Primeiro Passo- Tempo previsto: 2 dias
  • 1/3 de xícara - 50gr  de farinha de trigo integral
  • 4 colheres de sopa - 60 ml  de Kombucha amadurecida
Misturar os ingredientes e esperar sinais de fermentação, isto é, bolhinhas que podem aparecer em um dia em lugares mais quentes ou até em três dias em lugares mais frios. Deixar a mistura de preferência em local seco e escuro coberto com um pano.
Segundo Passo- Tempo previsto: 2 dias
  • 3 colheres de sopa – 30gr de farinha de trigo integral
  • 1 ½ colher de sopa -  20ml de Kombucha amadurecida
Com o surgimento das primeiras bolhinhas, vamos alimentar a mistura com mais farinha e Kombucha e deixar guardado da mesma maneira que estava anteriormente, em local seco e escuro sempre coberto por um pano.

Terceiro Passo- Tempo Previsto: 1 dia
  • 1/3 de xícara de chá - 50gr de farinha de trigo integral
  • 2 colheres de sopa - 30 ml de água 

Veja se continuou fermentando e vamos a partir de agora alimentar com farinha e água. Continuamos ainda fora da geladeira.

Quarto Passo- Tempo Previsto: 2 dias
  • ½ xícara de chá - 75gr de farinha de trigo integral
  • 2 colheres de sopa - 30ml de água 

Se o ferimento estiver bem forte e borbulhante, vamos tirar a metade (você pode jogar fora ou doar para alguém que queira dar continuidade a partir de então) e alimentar para dar mais força e esperar por mais 48 horas.

Quinto Passo - Tempo Previsto: 4 a 8 horas
  • ½ xícara de chá - 100gr de fermento
  • 1 ¾ xícara mais 2 colheres de sopa - 300gr de farinha de trigo integral
  • 1 xícara de chá – 200ml de água 

O fermento já está bem forte e agora vai ter uma super alimentação com água e farinha e a partir de então irá para a geladeira.

Sexto Passo - Tempo Previsto: 4 a 8 horas
  • ½ xícara de chá e 2 colheres sopa- 1000gr de fermento
  • 1 ¾ xícara de chá e 2 colheres de sopa- 3000gr de farinha de trigo integral
  • 1 xícara de chá- 240 ml água 

Agora o fermento está pronto para ser usado. Misturado com água, farinha e sal você produzirá os seus primeiros pães.

Manutenção do fermento

O fermento deve ser refrescado, mesmo quando você não fizer pão pelo menos uma vez na semana.
Separe 50gr de fermento (1/4 de xícara) e descartes o restante que estava na geladeira e misture com 100ml de água (2/3 de xícara e 1 colher de sopa) e 150gr de farinha integral (1 xícara). Deixe crescer por cerca de 4 horas coberto por um pano e leve a geladeira novamente.
Durante as férias, até 15 dias, faça está alimentação e deixe na geladeira.


Pão Integral

  • 3 xícaras de chá - 420gr de farinha de trigo branca
  • 1 xícara de chá e 2 colheres de sopa - 180gr de farinha de trigo integral
  • 1 2/3 xícaras de chá - 400ml de água 
  • 2 colheres de chá - 12gr de sal

Misture o fermento, a água e junte a farinha aos poucos com a ajuda de uma colher de pau. Quando terminar de juntar a farinha, comece a sovar com a mão. Acrescente o sal gradualmente enquanto trabalha a massa por pelo menos 10 minutos. Faça uma bola, salpique uma camada bem fina de farinha branca, cubra com um pano e deixe a tigela no forno apagado por 5 ou 6 horas. Depois desta primeira fermentação manipule mais uma vez em uma pia ou pedra, coloque bem pouca farinha só para grudar menos. A textura da massa deve ser bem aerada e esponjosa, espalhe-a na pedra e comece a dar forma ao seu pão. Deixe para a segunda fermentação por 1 hora e meia, no máximo duas horas, em dias muito quentes uma hora é suficiente.

Preaqueça o forno a 220oC quando faltar meia hora para terminar a segunda fermentação. Pouco antes de colocar o pão no forno, faça um corte de ponta a ponta, salpique pitadas de farinha e borrife uma nuvem de água. Este ritual ajuda a fazer uma casca crocante. Asse por pelo menos 45 minutos, variando de forno para forno, até que fique dourado. Vire a assadeira depois de meia hora para assar por igual. Retire do forno e deixe descansar em uma grade até esfriar bem. Procure não corta o pão assim que sair do forno.

Bolo de Laranja Vegano


  • 1 ½ xícara de chá de farinha de arroz integral
  • 4 colheres de fermento em pó
  • 1 pitada de bicarbonato de sódio
  • 1 pitada de sal marinho
  • 6 bagos de cardamomo
  • Suco de uma laranja
  • Raspas de uma laranja
  • Suco de um limão ou 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  • ¾ xícara de melado de cana
  • 1/3 xícara de chá de óleo de girassol
Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 180ºC. 
Misture em uma tigela os ingredientes secos (farinha, fermento, bicarbonato, sementes de cardamomo (pilar com o sal), sal) e em outra os ingredientes líquidos. 
Junte a mistura liquida a seca, mexendo com uma colher de pau até formar uma mistura homogênea. 
Coloque em uma forma untada com óleo e farinha e leve ao forno por aproximadamente 30 minutos.

Vitamina de leite de Gergelim

  • Leite de gergelim:
  • 1 xícara de gergelim
  • 900 ml de água

Modo de preparar:

Deixe o gergelim de molho com a mesma quantidade de água (1 xícara de gergelim, uma de água) pelo mínimo de 4 horas, escorra em uma peneira e bata no liquidificador com 900 ml de água. 
Coe em um pano de prato ou saquinho de voile.
Para a vitamina, junte as frutas de sua preferência e adoce com mel ou melado.
Nessa receita eu coloquei para 900ml de leite, duas bananas maduras, 3 colheres de sopa de cacau em pó, uma colher de sopa de mel e uma colher de chá de extrato de baunilha.

Leite de Amêndoas

  • 1 xícara de amêndoas cruas e sem sal
  • 900 ml de água

Modo de preparar:

Deixar as amêndoas de molho em 1 xícara de água pelo mínimo de 4 horas, escorrer e bater no liquidificador com 900 ml de água. Coar e beber. 
O bagaço pode ser utilizado para várias receitas, como patês, tortas e biscoitos.
Os leites vegetais têm duração de até 4 dias na geladeira. Podem ser usados quente ou frio.

Dia Nacional da Alfabetização



        A metodologia de ensino que temos hoje, privilegia somente o conteúdo cumprindo a função de ensinar a ler, escrever e passar no vestibular, no caso dos alunos que lá conseguem ou podem chegar, mas estamos percebendo que não está funcionando muito bem, temos no século XXI a mesma escola do século XV.


        Uma das mudanças que veio junto com o avanço da tecnologia e da falta de segurança das grandes cidades, é a falta de movimento das crianças, principalmente na fase de pré-alfabetização. É muito mais fácil entretê-las com a televisão e jogos eletrônicos, que leva-las ao parque para que ampliem suas experiências motoras. Se você tem mais de 40 anos lembre-se de sua infância e lembre-se também que ninguém fazia uso de medicamentos para aprender melhor.



       Através da linguagem corporal a criança estabelece os primeiros contatos com o mundo e aprende a ler e respeitar o seu corpo e o corpo do outro. O movimento tem papel fundamental na construção do esquema corporal que trabalha a lateralidade, o equilíbrio, atenção, concentração e espaço temporal, pré-requisitos importantes para a aprendizagem.



       O professor alfabetizador deve trabalhar em sala de aula de maneira lúdica estes itens, sem a necessidade de nenhum recurso externo a não ser a informação. Para estes jogos precisamos do corpo, de ritmo e de comando verbal, brincadeiras como Correcotia, ou percussões rítmicas no próprio corpo já podem fazer muita diferença para o aluno na assimilação do conteúdo.

Patê de Inhame

  • 6 inhames médios
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Suco de um limão
  • Sal a gosto

Modo de preparar:

Lave os inhames com uma escova para remover a maior quantidade de terra e os pelinhos da casca, é muito mais fácil de descasca-lo depois de cozido. Coloque em uma panela e cubra com água cozinhando até que fiquem macios. Retire os inhames da água, coe o caldo e reserve, se preferir pode cozinha-los já sem a casca. Bata-os no liquidificador com sal, azeite e o suco de limão e água reservada se for necessário. 
Deixe fluir sua criatividade para elaborar os sabores e cores, beterraba, alho, ervas, azeitona, cenoura e muitos outros.

ENEM - Dicas para evitar o temido "branco"



Se tem algo que normalmente deixa as pessoas nervosas é ser avaliado. Este final de semana temos a prova do ENEM e vamos dar aqui algumas dicas para evitar o temido “branco”.
  • Procure dormir cedo e deixar os eletrônicos de lado pelo menos uma hora antes de ir para a cama
  • Coma alimentos leves e evite excesso de açúcar, sua memória agradece :)
  • Antes de sair de casa “coce” o couro cabeludo com as pontas dos dedos, esfregando bem forte e depois percuta os ossos do crânio também com as pontas dos dedos de forma rítmica, isso ajudará a aumentar a irrigação do seu cérebro e consequentemente o número de conexões nervosas. Aproveite para dar uns pulinhos e ativar o seu labirinto, pois irá passar algumas horas sentado. 
  • Um pouco antes de começar a prova, feche os olhos, concentre-se e faça respirações profundas, ajudará a oxigenar melhor o seu cérebro, além de acalmar.
Boa prova! Depois passem por aqui para contar se as dicas ajudaram.

Creme de Inhame com Frutas


  • 4 inhames pequenos cozidos ou 2 médios
  • 10 morangos ou outra fruta de sua preferência, fresca ou congelada.
  • Açúcar demerara, mel ou melaço de cana para adoçar
  • Água para alcançar a textura

Modo de preparar:

Bata os inhames com a fruta no liquidificador junte o mel, melaço ou açúcar e coloque a água aos poucos até adquirir a consistência desejada. Leve para gelar e sirva.


Orientação Postural para Odontólogos

A primeira posição de trabalho adotada pelos dentistas foi a bipedestação. Os equipamentos utilizados eram fixos e não lhes permitiam outro posicionamento. Atualmente os equipamentos são mais apropriados, o mocho (cadeira do odontólogo) é regulável permitindo ao profissional adotar uma postura mais adequada durante o período de trabalho.
    Porém mesmo com a modernidade, os problemas nos músculo esqueléticos continuam sendo frequentes entre estes profissionais. Muitos não conseguem manter uma boa postura por não se adaptarem, ou por não possuírem uma musculatura bem preparada.

    Ao observar os dentistas em atividade, verifica-se que o posicionamento sentado faz com que adotem padrões de movimento, como o aumento da tensão no pescoço, projeção anterior da cabeça, falta de apoio para a coluna, braços abertos, ombros fechados e encolhidos na direção das orelhas, além do uso demasiado das mãos para movimentos finos e específicos. Com estes padrões os resultados podem ser dores nos ombros, cotovelos e mãos, espasmos musculares, varizes (má circulação de membros inferiores pela posição estática), hérnia de disco, tendinites e muitas outras lesões que podem inclusive levar a incapacitação profissional.
Como dica neste dia do dentista aí vão alguns exercícios que devem ser feitos diariamente depois do trabalho.

Baixe em PDF para melhor visualização. Link: Alongamentos para pescoço, ombros e membros superiores



   

Salada de Arroz Negro


  • 500gr de arroz castanho ou arroz selvagem (são dois tipos diferentes,que dão o mesmo resultado)
  • 500gr de ervilha pré-cozida, lentilha ou milho pré-cozido ou germinado no caso da lentilha
  • 1 cebola roxa picada
  • 1 limão espremido
  • Sal, azeite, salsa e cebolinha à gosto

Modo de preparar:

Deixe o arroz de molho pelo mínimo de 4 horas, se a lentilha não for germinada, deixar de molho pelo mesmo tempo. 
Escorra a água do molho e leve o arroz para cozinhar sem nada, quando começar a ferver adicione o sal e a lentilha crua. 
No caso do milho e da ervilha, espere o arroz ficar um pouco mais macio para não cozinhar demais. 
Depois de cozidos, deixe esfriar um pouco e junte a cebola, o cheiro verde e tempere com o limão, azeite e sal.
Leve para gelar e sirva frio.

Quibe Vegano


  • 250gr de trigo para quibe
  • 1 xícara de sobras de leite vegetal (gergelim, castanha do Pará, castanha de caju ou amêndoa)
  • 2 cenouras medias raladas
  • 2 abobrinhas medias raladas
  • 1 cebola picada
  • Hortelã picada à gosto
  • Suco de um limão
  • Azeite a gosto
  • Sal, cominho, pimenta síria, pimenta do reino, cúrcuma e temperos de sua preferência.

Modo de preparar:

Hidrate o trigo por aproximadamente 1 hora, esprema bem para tirar toda a água. Junte todos os ingredientes misturando bem. 
Coloque em uma travessa untada com um pouco de azeite e leve ao forno 200º por aproximadamente 15 minutos. 
Se preferir pode fazer os quibes pequenos e assar ou fritar em óleo de boa qualidade.

O que são ácidos graxos?

São gorduras não produzidas pelo nosso corpo e que devem ser consumidas na dieta. Fazem parte desta categoria o ômega 3 e o ômega 6. 

Estas gorduras são essenciais para o funcionamento do cérebro, coração e músculos de forma geral. A proporção ideal de consumo destes ácidos graxos insaturados deveria ser de 1:1, no máximo 1:2, porém o que vemos hoje é para cada porção de ômega

3, ingere-se de 15 a 50 porções de ômega 6.

O ômega 3, encontrado basicamente na forma de gordura animal (óleos de peixe, krill, fígado de bacalhau), tem efeito anti-inflamatório, melhora a resposta celular à insulina, previne doenças

cardiovasculares, artrites, diabetes e outras doenças, ativa neurotransmissores, aumenta seu nível de energia e habilidade de concentração, fornece maior resistência a doenças comuns como gripes e resfriados e auxilia a recuperação de células danificadas.

O ômega 6, presente principalmente em óleos vegetais de sementes (milho, soja, girassol, canola), em excesso é pró inflamatório, contribui para a resistência à insulina, alteram humor (está associado a doenças psiquiátricas como esquizofrenia, depressão e transtorno bipolar), acelera o processo de envelhecimento, dificultam a aprendizagem e a reparação celular associadas ao câncer. 


É importante ressaltar que não só devemos consumir o ômega 3, como devemos reduzir o ômega 6, pois os benefícios do primeiro não serão alcançados se não houver um equilíbrio. Quanto mais natural for a sua alimentação, menor será a ingestão de ômega 6, já que ele está presente na maior parte dos alimentos industrializados, enquanto os alimentos ricos em ômega 3 são os mais naturais. Busque sempre o equilíbrio.

Prevenção do câncer

        A prevenção do câncer vai um pouco além das campanhas coloridas, ela deve começar com conscientização do que é qualidade de vida.
        Cerca de um mês, tomamos conhecimento de estudos feitos em Harvard, publicados pelo “Jama Internal Medicine”, onde demonstra-se o claro interesse da indústria alimentícia e de bebidas em manipular resultados de pesquisas relacionadas ao açúcar. As informações sobre agrotóxicos, hormônios, transgênicos e alimentos altamente processados ainda são ignorados ela maior parte das pessoas que julgam ser “radicalismo” quem se alimenta com qualidade. Na verdade, já existe até um diagnóstico para quem come saudável: ortorexia.
        Será que as nossas escolhas estão sendo sábias?
Para quem quiser a resposta e quiser saber mais sobre o que é o câncer e como preveni-lo, eu aconselho a leitura do livro de Sonia Hirsch: A dieta do doutor Barcellos contra o câncer (e todas as alergias).


Patricia Santana

Feliz Dia das Crianças!


Eu fui uma criança feliz. Brinquei na rua, corri, caí, ralei joelhos, quebrei dente, pulei muro, levei bolada no nariz, enfim, uma infância rica em experiências motoras. O ballet me trouxe consciência corporal e do espaço que eu preciso para me mover. Estas experiências são fundamentais para a construção da própria imagem.
Colocar uma criança aos seis anos sentada em frente a um quadro negro durante quatro, cinco horas é suprimir seu desenvolvimento neuropsicomotor. Deixá-la em casa depois disso horas na frente da televisão e com jogos eletrônicos, é atrasar sua maturidade física e emocional. A infância a é a fase de expansão, de crescimento, o movimento é parte fundamental do reconhecimento de seu corpo e de sua organização postural.Ouve-se falar muito em déficit de atenção e hiperatividade, mas muitas das crianças com este “diagnóstico” não têm nenhuma noção do próprio corpo, não sabe reconhecer seus desconfortos físicos, que vão das dores do crescimento a problemas auditivos e visuais.
A alimentação é um outro fator que deve ser abordado. Sabemos que o intestino produz boa parte da serotonina (hormônio do humor) e da melatonina (hormônio que regula o sono) no nosso corpo, logo a saúde do intestino interfere no nosso humor e na nossa disposição. Alimentação pobre em nutrientes age diretamente no comportamento das crianças.
No Dia das Crianças, leve seu filho para correr no parque, ensine-o a subir em árvore, andar descalço, ter contato com a natureza da qual ele é parte. Respeitar o próprio corpo é aprender a respeitar o corpo do outro. Visite uma horta, um pomar, ensine-o de onde vem o verdadeiro alimento e mostre como é bom comer comida de verdade.

Patricia Santana

Trufas de Cacau


  • 1 copo de castanha de caju crua sem sal
  • ½ copo de tâmaras sem caroço
  • ¼ copo de cacau em pó
  • 1 pitada de sal marinho
  • 1 colher de sopa de óleo de coco
  • Cacau em pó para enfeitar

Modo de preparar:

Deixe as castanhas de molho pelo mínimo de 4 horas, escorra e bata no processador rapidamente. 
Junte as tâmaras, o cacau, o sal e o óleo de coco e bata até que misturem bem. 
Faça bolinhas, passe no cacau e sirva.

Quibe de Salmão


  • 500gr. de salmão fresco
  • 2 xícaras de quinoa cozida (usei uma xícara da quinoa clara e uma xícara da vermelha)
  • 250gr. de inhame cozido e amassado
  • 2 a 3 dentes de alho
  • Sal, lemmon pepper ou raspas de limão e pimenta do reino branca, gengibre em pó a gosto
  • Cebolinha, Nirá e Hortelã frescos a gosto
Modo de preparar
No processador de alimentos colocar o salmão, as ervas frescas, o alho, o sal e os temperos em pó. Juntar a quinoa e o inhame e misturar bem. Untar uma assadeira com óleos de coco ou azeite, distribuir a massa, fazer cortes do tamanho que será servido, regar com um fio azeite e levar ao forno 200o.C por 10 a 15 minutos.

O Poder do Toque

          Seja um abraço, um aperto de mão, uma dança ou uma massagem, o toque é  um dos meios que nos conduz ao bem-estar físico, emociona...