O Poder e a Versatilidade do Inhame

De cara feinha e nome controverso, o Inhame, Cará, Taro ou como você queira chamar é um dos alimentos mais ricos e versáteis que temos à nossa disposição. Originário da África, acredita- se que foi uma das primeiras plantas a serem cultivadas no planeta. Por suas inúmeras propriedades na China é conhecido como remédio da Montanha.




Rico em fibras, zinco, fitoestrogênios e outros nutrientes, o inhame fortalece o sistema imunológico, ajuda eliminar impurezas dos corpo através pele, rins e intestino, ajuda com problemas de infertilidade, neutraliza agentes transmissores de doenças como dengue, febre amarela e malária e pode ser usado como emplastro em casos de artroses, tumores, contusões e abcessos. Ao contrário da batata inglesa, tem durabilidade maior e não presente tantos antinutrientes, então sempre que possível troque a batata por inhame.


É marrom e peludo por fora e por dentro pode ser branco ou roxo, tem a variação maior e menos peludinha, mas que não tem as mesmas propriedades curativas. Pertence à família da Taioba e suas folhas podem ser refogadas e ingeridas. Uma outra contradição em relação ao Inhame é o ácido oxálico, alguns cultivos apresentam maior ou menor concentração deste ácido que pinica e causa coceira, neste caso o inhame não pode ser ingerido cru. O inhame branco parece ser o que apresenta menor concentração.


A gama de pratos que podem ser preparados com inhame é enorme. Por ter o sabor neutro, serve como base para doces e salgados substituindo alimentos industrializado e altamente processados como maionese e creme de leite.


Pizza de Sardinha


Cozinhe, descasque e amasse os inhames; unte um tabuleiro, achate com as mãos bocados do inhame amassado e vá cobrindo com eles o fundo e os lados do tabuleiro. Asse quinze minutos em forno alto. Numa panela, refogue bastante cebola e ponha por cima sardinhas frescas pequenas, abertas, sem espinha, temperadas com alho socado, sal e limão. Deixe cozinhar com tampa por quinze minutos. Tire a massa do forno, despeje o recheio, enfeite com rodelas de tomate ou pimentão, pique bastante cheiro verde e espalhe por cima. Leve novamente ao forno por dez minutos. sirva com uma saladinha de folhas ao lado que além de uma delícia fica uma linda apresentação.

Torta doce com massa de inhame


Cozinhe os inhames, descasque, amasse e forre com esta massa o fundo de uma assadeira untada com óleo ou manteiga. Espalhe por cima uma compota de fruta da sua preferência e leve ao forno por meia hora.


Emplastro de Inhame

Descasque e rale na parte mais fina do ralador uma quantidade de inhame suficiente para cobrir a área afetada. Rale também gengibre com casca, dez por cento do volume do Inhame.
Misture tudo com um pouco de qualquer farinha ou amido, apenas suficiente para dar liga: a pasta deve ficar bem molhada para fazer um bom efeito.
Aplique sobre a região, cubra com gaze ou fralda, nunca plástico ou tecido sintético. Quando o emplastro secar, retire com água morna e coloque um novo.
Às vezes o inhame pinica, devido a um conteúdo muito alto de cristais de ácido oxálico em determinada colheita, ou porque não deixaram descansar a terra depois de colhido. Neste caso basta passar azeite ou óleo na pele antes de colocar o emplastro.


Fonte: Boca Feliz & Inhame Inhame: Comer é bom e eu gosto
Sonia Hirsch- Ed. Correcotia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Poder do Toque

          Seja um abraço, um aperto de mão, uma dança ou uma massagem, o toque é  um dos meios que nos conduz ao bem-estar físico, emociona...